sexta-feira, 28 de outubro de 2011

A Fábula do Porco-espinho.



A Fábula do Porco-espinho.

Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.
Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram.

Moral da História
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro, e admirar suas qualidades.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Air Supply



Essa música é piegas e tudo mais...
Porém também é linda e faz parte das "minhas memórias de infância".
Quando meus pais e eu íamos fazer compra no super mercado sempre tocava essa música, e isso ficou gravado em minha memória.
Engraçado como coisas aparentemente "banais",ficam pra "vida toda".

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR


Não Deixe o Amor Passar

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração "parar de funcionar" por alguns segundos,preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles,
fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento,perceba: existe algo mágico entre vocês.Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça! Deus te mandou um presente: O Amor.
Por isso, preste atenção nos sinais, não deixe que as loucuras do dia-a-dia
o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR!!!


(Carlos Drummond de Andrade)