sexta-feira, 29 de maio de 2009

Dragon Ball Evolution




Fiquei pensando: será que tentaram condensar dezenas de episódios em 2 horas de filme? Olha... se tentaram não conseguiram.
Você vai perceber que... (mas que Pó$R%R@) de filme é este ??? Se compararmos á série animada que passou por anos no SBT, Band e por último na Globo.
Começa pelas personagens. Se os nomes de cada personagem não fossem ditos --- o que é “escatologicamente” improvável em qualquer (na maioria) filme --- reconhecê-los não seria tarefa simples. Com exceção do “Píccolo”, que de longe, bem de longe lembra o “Píccolo real”. A história está confusa, até pra quem já assistiu à série animada. O Mestre Kame definitivamente não é o Mestre Kame, e o “Goku” foi transformado em um personagem da “Malhação”, que briga com os valentões do colégio e que fica com a moçinha no final (Chi –Chi).

FIM

p.s: assisti ao filme na casa de um amigo...^^

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Detroit Metal City





Para quem ainda acha que desenho é “coisa de criança” recomendo Detroit Metal City. Por questões como falta de tempo e a sincera falta de animo mesmo, fazia muito tempo que eu não assistia a desenhos. Pois bem, outro dia um amigo me passou alguns episódios desse anime e gostei muito!, achei muito engraçado. Definitivamente não tem um linguajar que agrade aos mais “conservadores”, mas tem uma história muito boa.
Conta a história de um garoto que foi a Tokyo para entrar para a faculdade.A razão de escolher a Tokyo e porque ele tem um sonho: o sonho de começar uma banda de pop e de tocar lindas composições próprias.Porém ,após se formar na faculdade ,acabou entrando para uma banda de “Death Metal”.
A trama toda se dá em torno dessa contradição: o sonho de ter suas músicas bonitinhas reconhecidas (o que não acontece) e o sucesso de sua banda de “Death Metal” chamada de D.M.C (sigla para Detroit Metal City).

Está aí um prato cheio para quem gosta de música, desenho e humor.
Acredito que o conteúdo seja impróprio para menores de 16 anos... no mínimo. ^^

Hugs.