quarta-feira, 18 de março de 2009

Earth Hour 2009




O aquecimento global é muito mais grave do que se imagina e a sua concientização pela humanidade é muito difícil de ser alcançada.
O WWF-Brasil participa pela primeira vez da Hora do Planeta, um ato simbólico, que será realizado dia 28 de março, às 20h30, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.Muitos países como Austrália, França, Estados Unidos e China já se juntaram ao movimento. No Brasil, a Hora do Planeta já conta com a adesão oficial da cidade do Rio de Janeiro. De acordo com o prefeito carioca, Eduardo Paes, serão desligadas as luzes de ícones da cidade, como o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Parque do Flamengo e a orla de Copacabana. O gesto simples de apagar as luzes por sessenta minutos, possível em todos os lugares do planeta, tem como objetivo chamar para uma reflexão sobre a ameaça das mudanças climáticas.

observação:Que tal apagarmos as luzes pela miséria,pela corrupção,pela miséria(novamente)e pelas pessoas que se quer tem uma lâmpada para apagar??? assim,nada de mais,apenas um gesto simbólico...mais um gesto simbólico...ficaríamos na penumbra 365 dias por ano,uhahuauhaua nesta penumbrasil.


http://www.wwf. org.br/informaco es/horadoplaneta /
http://www.youtube. com/watch? v=aeYugbX8YDU

hugs!

terça-feira, 10 de março de 2009

Crise? Qual crise???



Acho curioso muita gente conversando a respeito desse assunto tão em pauta e afirmando umas paras outras: o Brasil não está em crise! Crise? Que crise? A crise não chegou ao Brasil!!!
Vai ver que não chegou por que os aeroportos continuam em crise...
Acho que seria o caso de perguntar: crise? Qual crise??? Por que desde quando o Brasil já se viu sem crises? (risos) 

De qual crise você quer falar? da educação? da saúde? Ou a da falta de emprego?
Como recém formado, pertencente a uma “minoria intelectual” que teve acesso a uma “Universidade pública de qualidade” e blah...blah...rsrsrsrs
Era isso o que muitos professores de segundo grau e/ou cursinhos falavam, e devem falar (fazer a cabeça) até hoje para muitos jovens que pretendem uma vaga no ensino superior.
Não deixa de ser mentira. Felizmente ou não, faz parte de uma minoria aquele que tem a possibilidade de estudar em uma universidade.
Agora eu faço parte da maioria, que procura oportunidades de por em prática o que aprendeu...antes que esqueça...rsrsrsrs

Soube de um caso de uma moça que se formou em fonoaudiologia e não conseguiu até hoje oportunidades de trabalho em sua área. Ela espalhou currículos para tudo que é lugar, inclusive em lugares onde certamente ela não receberia um salário condizente com seu esforço estudantil. Ela sempre teve a impressão de que não era chamada por que possui curso superior. Após ela começar a omitir em seus currículos que possui curso superior, por coincidência ou não, ela recebeu uma chamada para uma oportunidade de trabalho...

Eu te pergunto: Deus ajuda quem cedo madruga? ajuda quem tem Q.I? ou está tudo completamente confuso?

Eu mesmo conheço gente formada em letras, comunicação, educação física, direito, odontologia, farmácia, que ou estão desempregadas / subempregadas, ou estão trabalhando em outras áreas diferentes de sua formação.

Dizem que as oportunidades vêm pra quem não fica parado...
Que Deus abençoe essa frase.